Dialogo II

- Ei, desce ai a mais forte que tiver.
- Dia difícil?
- Sempre é. Mas hoje não.
- Não? E porque a dose?
- Preciso afogar algumas coisas aqui, percebi que não preciso delas.
- Saindo uma dose então, mas ó, é a mais forte...
- É, eu pensei também, mas sabe como é a vida né? Igual aos seus copos descartáveis.
- Você virou descartável?
- Sempre fui. Você também.
- Acho que não, as pessoas gostam de mim.
- De você ou do que você oferece a elas? Olha, põe outra aqui.
- Gostam de mim, sou bem humorado.
- Eu também dizia isso, e olha só... Substituíram-me.
- Bem, e o que você fez?
- Achei que era bem humorado. Sai mais uma?
- Mais uma,  por conta da casa.