Mulher Lavinscky

Eu descobri um anjo, e ela tem sexo, é feminino, é feminina, é mulher. Uma mulher guerreira que não titubeia e nem pensa em parar nas esquinas da vida. Não, ela não. Ela segue em frente, vai adiante e é humilde o bastante pra olhar pra trás. Ela é sensível, ela chora, ela ri, se descontrola. Ela é Mulher. Dessas com eme maiúsculo e com o salto maior que o próprio umbigo. Ela ama, se encanta, se apega e não desapega. Se entrega em tudo e à todos de modo único, ela nunca será igual pra mim, ou pra você. Ela se preserva, ela se ama. E eu amo isso nela.